Devagar sem ter para onde ir, aprender a cair e levantar, a enxugar as lágrimas antes que sequem ou até, pelo bem de sua alma, que o sal do mar as roube e te traga a energia e a pureza de que precisa.

É profundo quando se olha para dentro; é dificil de enxergar, interpretar quando só se vê a escuridão, mas mais tardar há de haver a luz que te guiará para mais fundo e assim descobrirá seu real valor, seu real propósito.

E é no mar onde se encontrará as conchas, para que se possam conversar e encontrar abrigo, abraçar as experiências e as ensinar. É nas conchas que há a maior lição de vida. São moradas de muitos, assim como nossos corações.

 

 

 

By KarolinaMelo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s