Sejam bem-vindos leitores!

Obrigada por clicar em meu blog e me acompanhe pelas redes sociais para que eu possa te manter atualizado sobre os posts! Estou começando agora, poderá haver atrasos nas postagens, mas o índice é umas três vezes na semana! Beijos e muita paz!  

Poesias#97 -Não respiro

Eu deito, viro,  desviro não consigo respirar. É insistência meu motivo para andar, continuar.   É eterno meu nado em meio ao mar, insensato, perigoso, letal. Na tentativa de emergir não há modo para voltar, o meu corpo se prende, então volto a nadar.   É também eterno meu sufocamento, meus delírios, meu pesar. E … Continue lendo Poesias#97 -Não respiro